Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Ads 468x60px

 photo A-Masks_3...gif

21 de abril de 2016

"Guerrilheiro não tem nome" Grupo Teatral MATA!

Espetáculo teatral inspirado na Guerrilha do Araguaia
A partir de uma perspectiva poética coletiva, o espetáculo reconstrói os caminhos de alguns jovens que aderiram à Guerrilha do Araguaia e nela descobriram o elo entre suas vidas e as contradições mais profundas da formação social do Brasil.
 O sonho por uma sociedade igualitária, o contato com a cultura local e a solidariedade revolucionária alimentaram a coragem daqueles que não retrocederam frente à violência do regime militar instaurado em 1964. Este espetáculo foi inspirado no livro “MATA! – o major Curió e as guerrilhas do Araguaia” do jornalista Leonêncio Nossa, que teve acesso exclusivo ao lendário arquivo pessoal do major Sebastião Rodrigues de Moura, o Curió, um dos protagonistas da repressão da ditadura militar.

O Grupo Teatral Mata!, formado por Anderson Zanetti, Leonardo Oliveira, Luiz Felipe Macalé e Vanessa Biffon, é um coletivo paulistano, que surgiu no final de 2012 e trabalha a partir dos conceitos de processo colaborativo e teatro épico-dialético. As primeiras ações se deram em forma de um grupo de estudos sobre teatro e assuntos relacionados à formação histórica e cultural do Brasil contemporâneo. A partir do início de 2013, o grupo entrou em contato com alguns livros que tratam da história da Guerrilha do Araguaia e passou a pesquisar o assunto com o interesse de transformá-lo em espetáculo teatral. A pesquisa estética do MATA! situa-se nos campos conceituais de processo colaborativo e processo coletivo de criação cujo trabalho de ator, a produção sonora e a cenográfica são voltadas para uma encenação de horizonte épico-dialético.
 Depois da temporada de 2015, outra importante montagem foi apresentada no Rio de Janeiro e São Paulo, chamada "Guerrilheiras ou Para a Terra Não Há Desaparecidos", com direção de Georgette Fadel e dramaturgia de Grace Passô. Esse espetáculo foi apresentado pelo Itaú Cultural com grande repercussão na imprensa especializada, que além de destacar a perspectiva estética, ressaltou a relevância do tema sobre a “Guerrilha do Araguaia”, sobretudo a partir da mulher, uma vez que a montagem trata exclusivamente do papel das guerrilheiras.
Serviço:
Temporada: de 9 de Abril até 01 de Maio de 2016
Horário: Sábados às 20h00 e Domingos às 19h00
Endereço:
Rua Turiaçu, 481, Perdizes, São Paulo – SP
Classificação: 16 anos.
Entrada Franca
Próximas apresentações
Teatro Leopoldo Fróes
Dias 6 e 7 de Maio de 2016 – às 20h
 Dia 8 - às 19h. 
 R. Antônio Bandeira, 114 - Vila Cruzeiro.
Entrada Franca
Telefone: (11) 5541-7057
Teatro Zanoni Ferrite - Zona Leste
Dias 13 e 14 às 20h - Dia 15 às 19h.
Av. Renata, 163 - Vila Formosa.
Entrada Franca
Telefone: (11) 2216- 1520
Sala Adoniran Barbosa
 28 de Maio – às 19h – Sábado - 29 de Maio de 2016 – às 18h – Domingo
Onde: Centro Cultural São Paulo
Entrada Franca
 Rua Vergueiro, 1000 - Paraíso.
Assessoria de Imprensa:
 Luciana Gandelini // Cel: 99568-8773 /
lucigandelini@gmail.com
Quer mais Cultura?( Acesse..AQUI )

0 comentários:

Postar um comentário

Comente aqui!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
 
Blogger Templates