Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Ads 468x60px

 photo A-Masks_3...gif

8 de junho de 2014

Itaquera é Retratada em Livro.

Por que escrever a história de um bairro? Por que, depois de tantos autores (e, com certeza, precedendo muitos outros), dar-se ao trabalho de ficar horas e horas sentado no fundo de uma biblioteca, lendo, rascunhando, escarafunchando, rabiscando, anotando, para, depois, gastar mais horas na árdua tarefa de sintetizar tudo o que se leu, assistiu, anotou e pesquisou?
Por que, ainda, insistir em passar horas em pesquisas no ambiente virtual, saindo apenas pra tomar café e esticar os ossos? Por que falar de Itaquera?
Culturaleste
Só porque o bairro foi quem ouviu meu primeiro choro, dentro do Hospital Santa Marcelina e, segundo minha mãe, fui saudado por uma sinfonia de bem-te-vis numa manhã de primavera? Ou então porque me viu dar os primeiros passos? Ou os primeiros tombos de bicicleta quando ia dar rolês com uma velha e enferrujada Caloi sem freios nas estradinhas de terra da antiga Colônia Japonesa? É, é disso que quero falar, Sim.
Ah, como eu quero falar de Itaquera, falar do Primavera nos Dentes, onde, pela primeira vez, vi poetas que não só cometiam seus escritos, mas que também declamavam esses poemas ali, ao vivo, na primeira experiência de sarau que vi em minha vida, quando nem se usava essa palavra; do saudoso cartunista Xisto, que criou o Super-Mé, um autêntico super-herói à brasileira; e também do Gilson, Américo e Giba; do Talmo Batalhafam, Milton e Itamar; mas também sempre ameaçado pelas picaretagens da politicalha. Dos campeonatos de xadrez no Park Restaurante; do Projeto Fala Negão, da leonina Leandro de Itaquera; das incontáveis vezes que fui ao Beco ver campeonatos de MotoCross.
É por isso, pelo desejo fremente de que o bairro cresça, e que este crescimento seja de toda ordem (econômico, mas também social), e de que os índices de inclusão sejam ao menos razoáveis para todos. E que seja sempre dentro dos princípios da cidadania plena (O Autor).
Aproveitando essa Postagem (Esperamos que o Escobar não ache Ruim) Devido a um grande Acervo de Fotos da Zona Leste Criamos esse Vídeo - Com a Musica Itaquera de Boa Grupo "Parábola" e Samba Enredo de 2014 da Leandro de Itaquera! 
Sobre o Autor:
Escobar Franelas, educador e escritor paulistano, 44 anos. Com dois livros publicados, "hardrockcorenroll", poesia (1998) e "Antes de Evanescer", romance (2011), colaborou com diversas coletâneas de poesia, contos e crônicas.
Fale com Escobar:
efranelas@yahoo.com.br
Tel 55 11 997-120-653 (Vivo)
Tel 55 11 968-297-529 (Tim)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente aqui!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
 
Blogger Templates