Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Ads 468x60px

 photo A-Masks_3...gif

9 de junho de 2010

Veja os vencedores do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro 2010

"É Proibido Fumar" e "Simonal" foram os mais premiados da noite




A Academia Brasileira de Cinema divulgou na noite desta terça-feira, 8, os vencedores do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, cerimônia que acontece desde 2002 no Rio de Janeiro. O longa “É Proibido Fumar“, de Anna Muylaert, faturou o prêmio de Melhor Filme do Ano.

Muylaert ainda levou o prêmio de melhor direção. “É Proibido Fumar” ainda ganhou outros dois prêmios, empatando com “Simonal – Ninguém Sabe o Duro que Eu Dei“, com quatro troféus cada um. O documentário sobre a vida do controverso cantor levou os prêmios de Melhor Documentário, Montagem de Documentário, Som e Trilha Original.

Lília Cabral foi a vencedora na categoria Melhor Atriz, pela sua atuação na comédia “Divã“, sucesso do teatro que foi adaptado para as telonas. Já o prêmio de Melhor Ator ficou com Tony Ramos, pelo filme “Se Eu Fosse Você 2“, a maior bilheteria do cinema nacional.

“Bastardos Inglórios”, de Quentin Tarantio, foi escolhido pela Academia como o Melhor Filme Estrangeiro. Já o voto popular elegeu “Avatar” como o melhor do ano passado e “Se Eu Fosse Você 2″ como o Melhor Filme Nacional

A cerimônia ainda contou com uma homenagem a Anselmo Duarte, diretor de “O Pagador de Promessas“, que morreu em 2009. Duarte foi o único brasileiro ganhador da Palma de Ouro no Festival de Cannes, em 1963.



Veja a lista completa de ganhadores:

Melhor Longa-metragem – Ficção: “É Proibido Fumar”
Melhor Longa-metragem – Documentário: “Simonal – Ninguém Sabe o Duro que Eu Dei”
Melhor Longa-metragem Infantil: “O Grilo Feliz e os Insetos Gigantes”
Melhor Longa-metragem – Animação: “O Grilo Feliz e os Insetos Gigantes”
Melhor Direção: Anna Muylaert, por “É Proibido Fumar”
Melhor Atriz: Lília Cabral, por “Divã”
Melhor Ator: Tony Ramos, por “Se Eu Fosse Você 2″
Melhor Atriz Coadjuvante: Denise Weinberg, por “Salve Geral”
Melhor Ator Coadjuvante: Chico Diaz, por “O Contador de Histórias”
Melhor Direção de Fotografia: “À Deriva”
Melhor Direção de Arte: “Besouro”
Melhor Figurino: “Tempos de Paz”
Melhor Maquiagem: “Besouro”
Melhor Efeito Visual: “Besouro”
Melhor Roteiro Original: “É Proibido Fumar”
Melhor Roteiro Adaptado: “Tempos de Paz”
Melhor Montagem – Ficção: “É Proibido Fumar”
Melhor Montagem – Documentário: “Simonal – Ninguém Sabe o Duro que Eu Dei”
Melhor Som: “Simonal – Ninguém Sabe o Duro que Eu Dei”
Melhor Trilha Sonora: “É Proibido Fumar”
Melhor Trilha Sonora Original: “Simonal – Ninguém Sabe o Duro que Eu Dei”
Melhor Curta-metragem – Ficão: “Superbarroco”
Melhor Curta-metragem – Documentário: “De Volta ao Quarto 666″
Melhor Curta-metragem – Animação: “Juro que Vi: O Saci”

Melhor Filme Estrangeiro: “Bastardos Inglórios”
Melhor Filme de Ficção (Voto Popular): “Se Eu Fosse Você 2″
Melhor Filme Estrangeiro (Voto Popular): “Avatar”

Fonte:http://cinemacomrapadura.com.br/noticias/

0 comentários:

Postar um comentário

Comente aqui!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
 
Blogger Templates