Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Ads 468x60px

 photo A-Masks_3...gif

11 de junho de 2010

Martinho da Vila: Poeta da Cidade, Martinho Canta Noel

“Poeta da Cidade, Martinho Canta Noel”, é uma homenagem na hora certa, no lugar certo, feita pela pessoa certa. Isto é: em pleno centenário, Noel Rosa ganha um tributo feito por outro ícone da Vila Isabel, Martinho da Vila.

O repertório de 14 faixas prioriza as composições que Noel fez sozinho, tanto a letra quanto a música. Por essa razão, algumas das canções não são tão conhecidas do público. A exceção, e que abre o disco, é “Filosofia”, que já foi muito interpretada por outro ícone do samba que também completa seu centenário em 2010, o paulista Adoniran Barbosa.
Mas Martinho não canta sozinho. As parcerias, aliás, não são lá muito impressionantes e privilegiam cantoras novas e as filhas - tanto as dele como a do produtor do disco, Rildo Hora. Maíra Freitas e Ana Costa são as que se saíram melhor. A experiente Mart’nália também cumpre bem seu papel no clássico “Rapaz Folgado”, feita em reposta ao compositor Wilson Batista Jr. Já “Três Apitos” e “Coisas Nossas” ficaram um tanto quanto comprometidas.
Os arranjos e o andamento de algumas músicas são um pouco diferentes, mas ficaram bastante interessantes e Marinho da Vila conseguiu achar um bom equilíbrio entre respeitar os originais e imprimir seu próprio estilo. Ele faz a homenagem sem querer aparecer mais do que o autor e nem simplesmente copiar o que já estava gravado. Destaques para “Fita Amarela”, “E Não Brinca Não” e “Último Desejo”.
01. Filosofia
02. Minha Viola
03. E Não Brinca Não
04. Rapaz Folgado
05. Seja Breve
06. Coisas Nossas
07. Fita Amarela
08. Três Apitos
09. Século do Progresso
10. Quando o Samba Acabou
11. Último Desejo
12. O X do Problema
13. Eu Vou Pra Vila
14. Cidade Mulher:Selo: Biscoito Fino
Fonte:http://www.territoriodamusica.com/resenhas/

1 comentários:

Postar um comentário

Comente aqui!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
 
Blogger Templates