Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Ads 468x60px

 photo A-Masks_3...gif

11 de março de 2010

Reestreia de “GRITO!” adaptação de textos de Plínio Marcos

"Eu nunca fui um escritor profissional. Morreria de fome se fosse viver dos meus livros. Teria de acabar fazendo Milhares de Concessões. Mas camelô, ah!, Isso eu sou bom, vendo meus livros, dou autógrafos e prometo morrer logo para Valoriza-los "(Plínio Marcos)



Reestreia do espetáculo Grito! do Grupo Sombrero de Teatro. A peça é uma adaptação de três obras fundamentais de Plínio Marcos (Querô – Uma reportagem maldita, O Abajur Lilás e Navalha na Carne). Grito! fica em cartaz do dia 13 de março a 13 de junho de 2010, na Oficina de Atores Nilton Travesso – Teatro Irene Ravache.

Sinopse – Querô, um menor abandonado, luta, a seu modo, para livrar-se de um destino de miséria e de injustiças que lhe impõe uma sociedade “cega” para seus filhos e suas atitudes. Constrói-se, então, um universo repleto de seres em busca de um pouco de afeto, de amor, de dignidade e – por que não? – de humanidade, no qual muitas histórias de dor, de sofrimento, apontam, livres de qualquer julgamento, as inúmeras facetas e potências do espírito humano, característica primordial da obra grandiosa de um dos maiores dramaturgos brasileiros e do mundo. Neste espetáculo, morte e vida, desespero e esperança, agressividade e delicadeza se tocam, comungam, caminham lado a lado, demonstrando que, por mais que a alma humana, uma e outra vez, tangencie um desses sentimentos, o ser humano é complexo, dono de desejos puros e espurcos, às vezes, incompreensíveis. Ademais do “grito” de angústia e de liberdade social que se eleva das personagens, há o “grito” íntimo, secreto, que identifica cada alma, numa anelante busca de si mesma.

Ficha Técnica

Textos: Plínio Marcos

Adaptação, Direção e Concepção Artística: Sérgio Milagre / Co-Direção: Zaqueu Machado / Assistência de Direção, Gestual e Corpo: Rico Malta / Supervisão Geral: Nilton Travesso / Preparação Corporal, Teatro-Dança Butoh: Sérgio Milagre / Preparação Vocal: Flávia Cruzatto / Produção Executiva: Laila Pas e Daniela Persan / Produção de Espetáculo: Daniela Gomes / Cenografia: Sérgio Milagre e Daniela Gomes / Sonoplastia: Sérgio Milagre / Figurinos: Daniela Gomes, Flávia Cruzatto, Aline Oliveira e Dorival Barreiros / Visagismo e Maquiagem: Rogério Magalhães / Direção Musical: Ana Paula Ramos e Maria Fernanda Poli

Assessoria de Imprensa: Zaqueu Machado e Edson Lima (O Autor na Praça)

Elenco: Aline Oliveira / Andréa Brito / Bruna Brito / Cíntia Moreira / Daniela Gomes / Daniela Persan / Denise Jordão / Dorival Barreiros / Fernando Sahium / Flávia Cruzatto / Guilherme Nullius / Juh Victor / Laila Pas / Leonardo Bizerra / Lucas Faria / Maycon Cunha / Marcos Paschoal / Marcelo Vila’Nato / Marcelo Nascimento / Sérgio Mathias / Sérgio Milagre / Sergio Valentim / Vitor Schelp / Zaqueu Machado

Serviço:

Oficina de Atores Nilton Travesso – Teatro Irene Ravache

R. Capote Valente, 667 – Pinheiros – Tel. 3088-1258 / 3081-5493 – www.niltontravesso.com.br

Sábado, 21h e Domingo, 19h30 – Temporada: de 13 de março a 13 de junho de 2010

Ingresso: R$ 30,00 – Desconto para terceira idade e estudantes: 50% (Meia) – Aceita cheque

Duração: 90 min – Faixa etária 16 anos – 120 lugares – Acesso para deficientes

Estacionamento conveniado: Hotel Mercury (Rua Capote Valente, 500)

O Grupo Sombrero de Teatro, da Cooperativa Paulista de Teatro, sob a direção de Sérgio Milagre, montou, em 2007, Lamento por Ignacio Sánchez Mejías (monólogo), baseado em texto homônimo de Federico García Lorca. Homens de papel, de Plínio Marcos, é a segunda montagem do grupo
Fonte: http://www.bravus.net/reestreia-de-grito-adaptacao-de-textos-de-plinio-marcos/

0 comentários:

Postar um comentário

Comente aqui!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
 
Blogger Templates